Grito Rock BH 2009 – Nuda

Contra os caranguejos no balde

Divulgação

Foto: Divulgação

Uma banda que não se enquadra nos estereótipos atribuídos à cena independente do Recife, em Pernambuco. Este é o Nuda que, em poucos anos de carreira, já conseguiu feitos impressionantes. Destaque no MySpace e no Trama Virtual, apresentações pelo país, aparições em rádio e TV, participação do tributo virtual aos 40 anos do White Album dos Beatles com a versão de “Mother Nature’s Son” que estará junto com versões de outras músicas do mesmo álbum por artistas de renome nacional como Zé Ramalho, Autoramas e Lobão.

Além disso, fazem, no carnaval (juntamente com outras atrações de pegada; DJ Mi Simpatia e StereotaxiCo), uma gira pelos Gritos Rock BH, Uberlândia, Brasília, Goiânia e Cuiabá.

É rock, bossa nova, experimental, síntese de uma cultura variada e diversa como a do Brasil. Para explicar um pouco mais, conversamos com o baterista da banda, Scalia.

Pegada: Quais as possibilidades que o Grito Rock abriu para a banda?

Scalia: Várias. Entre as principais, destaca-se a circulação nacional a baixo custo no circuito Grito Rock, já que os custos de transporte/alimentação/hospedagem são rateados entre os participantes, atacando-se assim um dos principais gargalos para as bandas independentes; e a troca de informações e conhecimento, pois a banda terá possibilidades de conhecer pessoalmente produtores, músicos e outros elos da cadeia, fortalecendo a troca de know how, sua rede de contatos, e, principalmente, sua capacidade de autogestão.

Pegada: Estão pipocando coletivos em todo o país, cada um com suas peculiaridades. Queria que você falasse sobre as diferenças existentes na cena do Recife comparadas às do resto do país que você conheça, e sobre a organização do Lumo.

Scalia: De fato, a cena de Recife tem algumas particularidades interessantes. A primeira, e mais latente, é sua pluraridade única. Aqui, temos sub-cenas consolidadas de reggae a hip hop, metal a samba de mesa. Pra um coletivo que busca fomentar a música, entre outras manifestações, isso representa uma espécie de benção-desafio. Mas aí entra o vetor público. O público recifense é daqueles que não paga nem R$ 5 para curtir um show. Prefere ficar na rua bebendo cerveja. Ou seja, consolida-se aí a batalha de promover uma mudança comportamental, uma jornada de conscientização a respeito da importância dele na sustentabilidade da cadeia musical, na sobrevivência da banda que ele curte e quer ouvir. Por fim, temos a velha metáfora dos “caranguejos no balde”, que representa o espírito de desunião e desarticulação que reina entre essas inúmeras células, bandas, promotores de eventos, estúdios, produtores, etc. É cada um ao deus dará, indiferentes às possibilidades que a união organizada pode gerar.

Assim, o Lumo buscou se inserir na cena como uma alternativa a isso. Como? Mostrando os benefícios dessa articulação. Como contamos em nossa organização com designers, técnicos de som, produtores, entre outros, mostraremos através de nossas ações que é possível, sim, sobreviver de cultura, desde que estejamos abertos a nos organizarmos e a botarmos a mão na massa. Para isso, estruturamos o Lumo de forma a garantir que toda e qualquer ação de cada um seja voluntária (para que todos sempre estejam cientes que estão fazendo aquilo por livre e espontânea vontade), garantir que todo trabalho seja remunerado (através do sistema solidário de troca de créditos), e sem qualquer espécie de verticalização na hierarquia, buscando mostrar que aqui não há absolutamente nenhuma distinção entre seus membros. Eles apenas desempenham funções específicas dentro do projeto. Ninguém é mais importante que ninguém. Afinal, não existe periferia humana.

O Nuda se apresenta no Grito Rock BH, no dia 19/2, n´A Obra.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Agenda, coletivopegada, Entrevistas, Festival

2 Respostas para “Grito Rock BH 2009 – Nuda

  1. massa o texto, galera! =)

    estamos muuuito instigados pra voltar ai pra BH!

    fizemos um blog que acompanhara toda a turne, ja coloquei ate o link desse post la. Deem uma sacada:

    turnedanuda.blogspot.com

    ate quinta!

  2. Pingback: Nuda em turnê e Grito Rock 2009 | M.O.V.I.N [UP]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s