Arquivo da tag: música independente

Quase Coadjuvante lança EP no Minueto, 12/9

cartaz_quase_coadjuvante_set2009

Anúncios

1 comentário

Arquivado em coletivopegada

Atenção bandas de Brasília!

Logo Porão (baixa)

O portal Porão do Rock está cadastrando as bandas de Brasília para futuros convites e seletivas ao Festival Porão do Rock ou outros eventos ligados a ele e também para intercâmbio de informações com outros festivais de todo o país, principalmente os organizados pela Associação Brasileira de Festivais Independentes (Abrafin).

Devido a problemas nos servidores, a organização está pedindo a todas as bandas interessadas que se cadastrem imediatamente, inclusive as que já haviam realizado este procedimento em anos anteriores. O acesso direto do formulário pode ser feito aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Festival, Inscrição

Impressões de Pegada – Festival Escambo

Por Paulo Malibu

Então… muita gente está perguntando qual foi a boa desse último final de semana. Eu digo! Mais que boa, a ótima foi ir a Sabará pra curtir o Festival Escambo 2009. Essa foi a terceira edição do evento, organizado pelo Coletivo Fórceps de Sabará e que aconteceu durante o festival de inverno da cidade. Vieram bandas de vários cantos de Minas Gerais e do Brasil, transformando o festival num dos maiores da musica independente do Estado.

A maior parte do Escambo 2009 aconteceu no centro histórico de Sabará, lugar que eu nunca tinha ido pra falar a verdade e, agora que conheci, posso dizer que estou apaixonado. Um lugar tão perto, tão bonito e que eu não fazia a menor ideia de como era. Todo esse visual e clima de cidade velha cercando um dos melhores festivais que eu já presenciei. Isso é que é fim de semana! São oportunidades assim que me fazem adorar esses programas fora do eixo.

Além dos shows, o festival contou com oficinas, barraquinhas, banquinha do Coletivo Pegada e a presença de outros coletivos Fora do Eixo. O FDE Minas estava em peso lá, mostrando que a integração e a coletividade organizada podem ir longe.

Quem não foi, perdeu grandão, mas ainda poderá sentir o gostinho no Youtube ou em outros canais. Presencialmente, agora só ano que vem…

Deixe um comentário

Arquivado em Cobertura de Pegada

Workshops no Minueto!

Flyer - Workshop1

Além desse workshop, o Minueto está com vários outros programados para agosto e setembro. Confira aqui a programação!

Deixe um comentário

Arquivado em Cursos e seminários

Acústico Estúdio oferece curso de áudio

clip_image002

1 comentário

Arquivado em Cursos e seminários

Inscrições abertas para a Rodada de Negócios da Feira da Música de Fortaleza (CE)

feiradamusicaCE

A 8ª Feira da Música de Fortaleza, que acontece de 19 a 22 de agosto, na capital do Ceará, está com as inscrições abertas para a sua Rodada de Negócios até o dia 31 de julho. A Rodada de Negócios é um espaço reservado para as reuniões de empreendedores, próprio para se criarem oportunidades de novos contratos e é destinada a produtores, músicos e bandas profissionais, distribuidores, proprietários de casas de shows, empresários e demais interessados.

Deixe um comentário

Arquivado em coletivopegada, Notícias

Cobertura de Pegada – Flaming Night, 20/6

Por Luciano Viana
Fotos: Lucas Mortimer

Indie Rock, Surf Music, hardcore, folk. Todos reunidos no mesmo lugar: Lapa Multishow, Belo Horizonte. Era a diversidade que fazia parte do line up de mais uma Flaming Night, evento realizado periodicamente pelo selo/produtora 53HC.

Dead Fish (ES), Autoramas (RJ), Moptop (RJ), Monno (MG) e Dead Lovers Twisted Heart (MG) foram as atrações de uma noite de público numeroso e que respeitou muito as diferenças estéticas de sonoridades das bandas, com exceção de alguns poucos casos isolados que tentaram atrapalhar a festa, mas não conseguiram.

As bandas de casa foram as primeiras a subir ao palco.

O Monno fez um show apresentando o trabalho de seus dois EPs lançados, além do já tradicional cover de “Grand Hotel” do Kid Abelha, que poderia até não ser tão bem recebido pelo público hardcore do local, mas a banda passou ilesa por esse teste. Mérito para eles que souberam levar o show muito bem. Em algumas canções de andamento mais rápido como “#1”, se viu até a formação de um mosh. Os caras também apresentaram novidades do próximo trabalho da banda, indicando algumas direções da sonoridade que está por vir.

The Dead Lover´s Twisted Heart

The Dead Lover´s Twisted Heart

Em seguida, o Dead Lovers Twisted Heart entra em palco, já chamando o público para dançar. E boa parte dele entrou na onda. Depois ainda de tocarem um cover de Ramones, mas com a roupagem Dead Lovers, parte do público que estava pé atrás com eles foi conquistado, a banda seguiu de forma mais confiante e no fim das contas, fez uma bela apresentação.

Havia tempo que o Moptop não vinha a Belo Horizonte, e ao pisarem no palco, talvez tenham se surpreendido por visualizarem bastante seguidores da banda na plateia, cantando as músicas e participando ativamente do show. Com uma apresentação enérgica e a simpatia em dia, o Moptop deixou os fãs satisfeitos e arrebanhou parte do público que ainda não os conhecia.

Autoramas

Autoramas

Os veteranos do Autoramas (e sua nova baixista), foram a banda ideal para fazer a ponte entre o Indie Rock das bandas anteriores com o hardcore do Dead Fish. A banda que mescla Surf Music, Punk Rock, Indie Rock e até elementos da Jovem Guarda, fez um show competente, fazendo um apanhado sonoro de vários momentos da carreira, com as tradicionais coreografias e a energia de sempre.

Por último, chega o Dead Fish, fazendo o primeiro show na capital mineira após o lançamento do seu último álbum “Contra Todos” (2009). Incendiário como sempre, o Dead Fish mostra porque é uma das maiores bandas de hardcore do país, servindo como referência de qualidade no estilo para muitos. Show impecável, que figurou como um dos melhores shows do ano até o momento, de acordo com muitos presentes no evento. As músicas do novo disco estão mais próximas dos resultados de álbuns como “Zero e Um” e até mesmo “Afasia”, e mais distantes da estética de “Um Homem Só”, onde o hardcore deu bastante espaço a outros elementos do rock, o que acabou não agradando tanto os fãs mais antigos. Mas com o novo trabalho, parece que público e banda se reencontraram novamente, tendo como resultado, shows mais explosivos como esse.

Dead Fish

Dead Fish

Que essa ótima noite também se estenda para a próxima Flaming Night, que acontece no dia 4/7 no mesmo Lapa Multishow, desta vez com shows de Matanza (RJ). Zumbis do Espaço (SP), The Folsoms (MG), Os Dinamites (DF) e Estrume´n´tal (MG).

3 Comentários

Arquivado em Cobertura de Pegada, coletivopegada