Arquivo da tag: obar

Maio de Pegada no Obar termina amanhã com o DJ Charchar

maio de pegada

Nessa última terça-feira no Obar, o DJ Charchar será o responsável pela trilha sonora do happy hour de terça!

O projeto continua em junho no Casa Lounge Café, aguarde a programação!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em O que pega

Áudio de Pegada – Discotecando; primeiros passos

Por Eduardo Curi

Pode até ser petulância da minha parte escrever sobre discotecagem, tendo tocado na noite apenas três vezes, mas acho que escrever sobre algo quando se está no processo de aprendizagem é sempre uma maneira de fixar o conhecimento.

Resolvi discotecar no impulso da produção da Yes We Can do dia 10/4, n´A Obra, tocando músicas que eu achava que todo mundo iria torcer o nariz quando começasse a oir lo mejor del rock latino. Algumas pessoas realmente torceram, mas não me preocupo, música é uma questão de costume e tive ótimos feedbacks do repertório.

Discotecar com CDs, colocando uma música atrás da outra é uma tarefa relativamente simples. A primeira coisa que você tem que fazer é arrumar CDs que você conheça bem. Não é necessário saber cantar todas as músicas, mas se já tiver ouvido-o pelo menos umas três vezes, vai saber como são as músicas por alto. Outra coisa é saber, entre as músicas de vários CDs, quais podem “casar” com quais. Você não quer colocar a pista bombando para em seguida meter uma baladinha e mandar todo mundo pro bar. O set precisa ter coerência. Não se preocupe com o BPM (ainda), ouça as músicas e imagine qual, entre as que você tem à disposição, pode servir melhor para manter a pista no mesmo nível de empolgação (ou mesmo desempolgação).

Se você estiver inseguro com as viradas, ou com o seu set, treine em casa antes de se aventurar em uma pick up. Eu fiz o seguinte esquema: liguei o meu som e o meu computador em uma mesa de som Behringer (dessas com quatro canais), jogando o áudio de cada um nas entradas estéreo do mixer. A equalização deixei toda flat mesmo, não era o que importava naquele momento. Separei os CDs que iria tocar e comecei a criar uma história da noite para ir direcionando as músicas. Imaginei aquele momento em que o bar acabou de abrir e não tem ninguém te ouvindo mesmo, mas a música precisa estar ligada, e comecei a colocar os chamados “fillers” (aquelas músicas que são boas, mas não são bem os hits do CD e apenas um ou outro conhece). Inicialmente com um andamento mais lento, para depois, aos poucos, ir aumentando a velocidade até aquela hora que a pista está bombando.

Treinar em casa também é bom para que você conheça os volumes dos CDs. Não existem dois discos com o mesmo nível de volume, portanto é bom você já ter uma noção de qual é mais alto do que qual para na hora do vamos ver não ter uma surpresa desagradável, deixando todo mundo surdo ou silenciando a pista de dança. Geralmente, discos mais recentes são mais altos do que os mais antigos. Use sempre o seu fone de ouvido como referência, mantenha o volume nele constante e compare uma música com a outra.

Outro fator que você deve prestar atenção é a equalização. A rigor, não é necessário mexer nela, prefira deixá-la flat, afinal, o CD já veio masterizado para você. Porém, como o ambiente sempre interfere no som que a gente ouve, coloque uma música e dê uma volta pela pista ou bar para saber como está soando. Se tiver embolado atenue os graves. Nunca dê ganho em nenhuma banda, prefira sempre diminuir a faixa de frequência que está dando problema, a não ser que você queira um efeito específico.

E quem quiser conhecer um pouco mais da música feita ao redor do mundo em várias línguas pode ir hoje ao Obar, fazer um happy houy e acompanhar a segunda terça do projeto Maio de Pegada. Vou tocar a partir das 18h, espero vocês lá!

Deixe um comentário

Arquivado em Áudio de Pegada

Maio de Pegada continua no Obar amanhã com lo mejor del rock latino!

O coletivo Pegada está animando os happy-hours de terça-feira durante todo este mês no Obar (Rua Cláudio Manoel, 286, Savassi). Nesta segunda noite de discotecagem o DJ de Curi irá apresentar uma discotecagem com bandas de rock latino. Músicas em francês, português, espanhol e, (por que não?) em inglês com sotaque carregado irão entreter a galera qeu está tomando uma cerveja depois do trampo.

A discotecagem começa às 18h e termina só quando o bar fechar.

Confira os outros dias da programação:

19/5 – StereoTóxico (grunge e pós-grunge)
26/5 – Charchar (pop + rock = música)

Serviço:

O quê?
Maio de Pegada no Obar

Onde?
Rua Cláudio Manoel, 296, Savassi

Quando?
Todas as terças-feiras de maio, a partir das 18h

Quanto?
R$ 3 de couvert por pessoa, opcional

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, Pegadores

Maio de Pegada no Obar começa amanhã!

maio-de-pegada

O coletivo Pegada irá animar o happy-hour às terças-feiras no Obar (Rua Cláudio Manoel, 286, Savassi) durante todo o mês de maio. Quatro DJs de Pegada irão colocar várias tendências do rock mundial enquanto a galera toma uma cerveja gelada depois do trabalho. A discotecagem começa às 18h e termina só quando o bar fechar.

A primeira noite será com a DJ Mi Simpatia, tocando Rock, indie e afins.

Confira os outros dias da programação:

12/5 – de Curi
(rock latino + um tanto de outras coisas)
19/5 – StereoTóxico (grunge e pós-grunge)
26/5 – Charchar (pop + rock = música)

Serviço:

O quê?
Maio de Pegada no Obar

Onde?
Rua Cláudio Manuel, 296, Savassi

Quando?
Todas as terças-feiras de maio, a partir das 18h

Quanto?

R$ 3 de couvert por pessoa, opcional

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, coletivopegada

Goma visita o Pegada!

O coordenador do coletivo Goma de Uberlândia, Talles Lopes, veio a Belo Horizonte conversar com os pegadores no último dia 16. Em uma conversa animada, Talles contou as expectativas que o Pegada está gerando fora de Belo Horizonte, considerado como um local estratégico dentro da cena independente nacional.

Ouça a entrevista dada ao coletivo logo após a reunião no Obar.

Drops de pegada #1

2 Comentários

Arquivado em coletivopegada, Drops de pegada, O que pega, Pega-pega, Pegadores

Primeiro evento de Pegada com Os Azuis (RJ) + StereoTaxiCo (BH)

Na próxima sexta-feira, 10/10, acontece o lançamento do coletivo Pegada com festa no bar dançante A Obra. As atrações são as bandas Os Azuis (RJ) e StereoTaxiCo (BH), e os DJs Mi Simpatia, JJBZ e RuidoRosa. A festa começa às 21h e custa R$12. Antes disso, o coletivo abre a reunião para interessados em conhecer e/ou se juntar à iniciativa, que ocorre no Obar, entre 19h30 e 20h30.

O coletivo Pegada reúne agitadores, músicos, jornalistas, designers, produtores etc. de Belo Horizonte, com o objetivo de fortalecer a união da cena alternativa da capital mineira, bem como fomentar o crescimento e a melhora da produção musical independente. Os eventos de Pegada vão acontecer sempre com uma parte de entretenimento e uma parte de formação. Ou seja: shows, festivais e festas acontecerão vinculados a debates, oficinas, palestras etc.

Para o primeiro evento de Pegada, o coletivo convida todo e qualquer interessado para uma breve reunião a ser realizada no Obar; a pauta é a formação do Pegada, as próximas ações do coletivo e a convocação de novos membros. A seguir, acontece a festa de lançamento do coletivo Pegada, no bar dançante A Obra (Rua Rio Grande do Norte, 1168), com shows do quarteto carioca Os Azuis e do trio mineiro StereoTaxiCo e discotecagens de Mi Simpatia, JJBZ e RuidoRosa.

Os Azuis

OS AZUIS é uma banda da nova cena independente carioca, que vem trabalhando sério, com ensaios diários, para desfrutar de todos os luxos e excessos do rock and roll. Formada em fevereiro de 2006, por Tomé Lavigne (guitarra e voz), Greco Blue (guitarra e voz), Tomas Bastos (baixo) e Lucas Mamede (bateria), OS AZUIS fazem shows freqüentes e excitantes por todo o circuito carioca.

StereoTaxiCo

Mesmo sendo amigos de longa data, Arthur (guitarra e voz), Giordano (baixo) e Lucas (bateria) descobriram recentemente uma grande afinidade musical, ao se reunirem despretensiosamente em algumas sessões no estúdio do Lucas. Sempre com muita diversão, mas acreditando no trabalho que estavam fazendo, os três deram vazão a sentimentos comuns que se transformaram em músicas contagiantes, com melodias inesperadas.

Serviço

Primeiro evento de Pegada
•    REUNÃO ABERTA
Data: 10/10, sexta-feira
Horário: de 19h30 as 20h30
Local: Obar (Rua Cláudio Manoel, 296 – entre Rua Piauí e Avenida Afonso Pena)
Participação: A quem interessar possa.
Pauta: Formação do Pegada, próximas ações do coletivo e convocação de novos membros.

•    FESTA
Data: 10/10, sexta-feira
Horário: a partir de 21h (primeiro show às 22h10)
Local: A Obra Bar Dançante (Rua Rio Grande do Norte, 1168 – quase esquina com Getúlio Vargas).
Atrações: Os Azuis (RJ) e StereoTaxiCo (BH) + djs Mi Simpatia, JJBZ e RuidoRosa
Participação: altamente recomendada! Será recompensada. 😉
Investimento: R$ 12

5 Comentários

Arquivado em Agenda, coletivopegada, O que pega, Pegadores