Arquivo da categoria: Pegadores

Notícias sobre quem faz o coletivo.

StereoTaxiCo no estúdio – parte 2: mixando duas músicas

Por Lucas Mortimer

Após a gravação das baterias para o primeiro EP do StereoTaxiCo, decidimos gravar duas músicas completas para enviar para o Edital de Circulação Nacional do Programa Música Minas.

Foi um trampo corrido, com muita ralação. Gravamos o baixo em linha, diretasso, utilizando o pre ISA-220 da Focusrite. O baixo utilizado foi o próprio baixo do Giordano, um OLP Tony Levin.

O baixo até foi tranqüilo de gravar; o difícil mesmo foram as guitarras do Arthur. Testamos vários equipamentos emprestados. Testamos um Fender De Ville e um amp handmade, o Horizon da Lifesound (que possui dois canais, um limpo estilo Fender e um com alto ganho estilo Mesa Boogie).  

Horizon microfonado com dois Shure SM-57

Horizon microfonado com dois Shure SM-57

O Horizon possibilitou uma variedade maior de timbres e optamos por ele nas gravações. Utilizamos ainda um Direct Drive para algumas distorções e um pedal StereoVibe (também handmade) para algumas modulações. Microfonamos o amp com dois SM-57 (um no centro e um na borda) e um Neumann TLM-103 pra tentar captar a ambiência (que não funcionou legal). Tudo foi executado na Squier Telecaster Custom do Arthur.

Arthur Vinícius e sua Telecaster Custom

Arthur Vinícius e sua Telecaster Custom

As vozes foram gravada com o TLM-103 no ISA-220 com um pouco de compressão e de-esser.

Voz no Neumann TLM-103

Voz no Neumann TLM-103

Passando rapidamente para a mixagem, fizemos tudo no Nuendo e a monitoração foi feita através de um par de Yamaha HS-80M (com Room Control no -2dB por causa do tamanho da sala). Tive que começar a mixar sozinho, sem a presença do nosso produtor Davi Bretâs. Fiquei meio inseguro, mas mandei bala. A princípio fiz uma mix alterando pouco as gravações e utilizando muito das ambiências. No entanto, essa mix se mostrou muito bonita, mas bem fraca. Voltei ao começo e comecei a ativar os compressores e os simuladores de válvulas, para dar mais força e brilho aos instrumentos. Tirei as ambiências que estavam deixando o som um pouco embolado e apliquei alguns reverbs “room” e “plate” do Roomworks.

Davi no comando

Davi no comando

Feita a mixagem, o Davi se juntou novamente a mim para tentarmos fazer a masterização. A pouca experiência em masterizar dificultou muito o processo e gastamos horas testando vários parâmetros para chegar ao som que queríamos. Utilizamos o Ozone iZotope para equalizar, comprimir, excitar harmônicos e maximizar. No final o resultado não foi o que esperávamos, mas esta aí pra galera ouvir e criticar.

Luzes da Cidade já está no myspace da banda e também pode ser baixada nesse link.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Áudio de Pegada, Pegadores

Maio de Pegada traz o DJ StereoToxiCo amanhã no Obar

O coletivo Pegada está animando os happy-hours de terça-feira durante todo este mês no Obar (Rua Cláudio Manoel, 286, Savassi). Nesta terceira noite de discotecagem o DJ StereoToxiCo.

Lucas Mortimer conduz a bateria da banda StereoTaxiCo, mas para entorpecer pistas de dança ou embriagar mais o happy-hour, assume o codinome StereoTóxico e busca nas suas influências do grunge dos anos 90 e pós-grunge dos anos 2000 o seu set para intoxicar a cabeça do público.

A discotecagem começa às 18h e termina só quando o bar fechar.

O projeto termina na semana que vem, no dia 26/5, com o DJ Charchar.

Serviço:

O quê?
Maio de Pegada no Obar

Onde?
Rua Cláudio Manuel, 296, Savassi

Quando?
Dias 19 e 26/5, a partir das 18h

Quanto?
R$ 3 de couvert por pessoa, opcional

2 Comentários

Arquivado em Pegadores

Maio de Pegada continua no Obar amanhã com lo mejor del rock latino!

O coletivo Pegada está animando os happy-hours de terça-feira durante todo este mês no Obar (Rua Cláudio Manoel, 286, Savassi). Nesta segunda noite de discotecagem o DJ de Curi irá apresentar uma discotecagem com bandas de rock latino. Músicas em francês, português, espanhol e, (por que não?) em inglês com sotaque carregado irão entreter a galera qeu está tomando uma cerveja depois do trampo.

A discotecagem começa às 18h e termina só quando o bar fechar.

Confira os outros dias da programação:

19/5 – StereoTóxico (grunge e pós-grunge)
26/5 – Charchar (pop + rock = música)

Serviço:

O quê?
Maio de Pegada no Obar

Onde?
Rua Cláudio Manoel, 296, Savassi

Quando?
Todas as terças-feiras de maio, a partir das 18h

Quanto?
R$ 3 de couvert por pessoa, opcional

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, Pegadores

Um Outro Olhar

Nosso videomaker de Pegada, Adriano Singolani emplacou mais um vídeo no projeto Outro Olhar da TV Brasil, confira:

Além desse, Adriano já levou ao ar outro vídeo no projeto da TV Brasil que abre espaço para produções independentes em diversos formatos.

Você pode produzir seus vídeos em câmaeras profissionais ou no seu celular que o espaço estará sempre aberto às novas ideias. Veja aqui como participar.

Deixe um comentário

Arquivado em coletivopegada, Pegadores

Q’ind’in de volta nA Obra!

Na segunda-feira, dia 20.

Na segunda-feira, dia 20.

Saiba mais no blog da festa:  http://qindin.wordpress.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, Festa, Pegadores

Projeto Matriz apresenta Us Mula Preta e Cães do Cerrado

Nessa quinta-feira, 12, o palco do Projeto Matriz será das bandas Us Mula Preta e Cães do Cerrado.

A primeira, cujo EP de estreia é vendido nos eventos de Pegada, faz rock com temática baseada em “agonia, solidão vegetal, pornografia caipira polarizada em absoluto”, segundo o Myspace do quarteto. Já os Cães dispensam apresentações, certo?

Serviço:

O quê?
Projeto Matriz – BH Indie Music
com Us Mula Preta e Cães do Cerrado

Quando?
Quinta-feira, 12/03, às 21h.

Onde?
Matriz (Rua Guajajaras, 1353 – Terminal Turístico JK, Centro)

Quanto?
R$ 6 (na porta) e R$ 5 (antecipados, no Café Folha Seca – Av. Augusto de Lima, 885, Centro)

1 comentário

Arquivado em Agenda, Pegadores, Show

Pré-Seletivas do Projeto Matriz recomeçam amanhã, 5/3

O BH Indie Music reinicia amanhã as suas Pré-Seletivas para o Projeto Matriz. Das 39 bandas inscritas, seis se apresentarão nesta semana: D’Route, Cosmocrunsh, Neural, Os Agulhas, Aqueles Que Não Sabem De Nada e Página Marcada, seguidos por um show especial com os pegadores da Aldan.

As bandas das Pré-Seletivas são avaliadas por cinco jurados de grupos que se apresentam pelo BH Indie Music e pelo voto do público presente.
Serviço:

O quê?
Pré-Seletivas Projeto Matriz – BH Indie Music
06 bandas + show especial com Aldan

Quando?
Quinta-feira, 05/03, às 21h

Onde?
Matriz (Rua Guajajaras, 1353 – Terminal Turístico JK, Centro)

Quanto?
R$ 6 (na porta) e R$ 5 (antecipados, no Café Folha Seca – Av. Augusto de Lima, 885, Centro)

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, Pegadores, Seletivas, Show