Membrana: músicos apostam na criação de selo para a divulgação de seus trabalhos

Por Roger Deff

membrana

Apesar das tecnologias digitais disponíveis, que permitem que o músico produza um disco inteiro sem sair de casa, ou disponibilizar suas obras pela internet para um número infinito de pessoas, a divulgação dos trabalhos ainda constitui um problema para as bandas independentes. Sem a produção adequada o trabalho pode facilmente se tornar “mais um” em meio ao mar de criações musicais que se proliferam Brasil afora. Foi dentro deste contexto que o músico Léo Moraes criou o selo Membrana, que seria uma forma de dar às bandas as condições necessárias para que suas músicas chegassem de forma adequada às mãos de jornalistas, produtores e afins.

“Tudo começou quando comecei a produzir meu novo projeto, o Valsa Binária. Acabei topando com as dificuldades de sempre, quando se trata de lançar o próprio trabalho. Conversei com muita gente de gravadoras e selos independentes para entender melhor os processos que envolvem o lançamento correto de um disco, com uma boa assessoria e tudo. Exige muito investimento mas para uma banda arcar com tudo sozinha é inviável, então resolvemos juntar a moçada e dividir os gastos. Daí nasceu o Membrana”, conta Léo Moraes.

Léo explica que o selo está mais para uma cooperativa, onde os músicos dividem as receitas e gastos para que consigam projetar os trabalhos para além das fronteiras do Estado. O primeiro passo, que já está em andamento, será a produção de uma coletânea com dois volumes no formato SMD, e que leva o nome do selo. A empreitada contará com uma assessoria de imprensa em nível nacional, o que levará o projeto às mãos dos principais críticos musicais e veículos especializados do país.

“Vamos realizar a coisa da forma mais profissional possível, a idéia é agregar as experiências de cada um para que alcancemos o objetivo. Embora a cena mineira não se caracterize por um movimento estilístico, como o Manguebeat em Pernambuco, iniciativas coletivas como Pegada, BH Indie e Outrorock demonstram uma mudança de mentalidade das bandas no sentido de se fortalecer por meio da união”, completa.

De acordo com Léo, as duas compilações serão tratadas como se fossem um único álbum, para manter a idéia de unidade, mesmo sendo artistas diferentes. Ele explica que a coletânea vai ajudar a potencializar o alcance dos trabalhos, já que cada banda trará seu próprio público para o projeto. “Algumas pessoas comprarão o disco por causa de uma banda apenas, mas vai acabar ouvindo os demais trabalhos e pode vir a gostar de vários deles”, diz.

Além da coletânea, o Membrana terá um portal colaborativo. O site ainda está em construção mas a ideia é que, quando estiver ativo, sirva como canal de discussão e divulgação da produção musical em todo o país.

O primeiro volume da coletânea será lançado em agosto de 2009 e reúne diversas bandas do cenário independente de Minas Gerais.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Notícias

4 Respostas para “Membrana: músicos apostam na criação de selo para a divulgação de seus trabalhos

  1. A matéria ficou ótima, Roger, obrigado pelo interesse. Gostaria só de acrescentar que ainda temos vagas na coletânea, quem quiser mais informações é só me pedir pelo email leo@patomultimidia.com.br. Abraços.

  2. Roger Deff! O alento dos artistas submundistas!
    Salve o emissário da plebe rude criativa!

  3. Douglas

    Valeu Roger por divulgar esta ação onde os músicos independentes teem a oportunidade de apresentar os seus trabalhos, e o melhor é que todos estarão ajudando um ao outro… é isso aí! um abraço.

  4. Roger, parabéns pela matéria!!! Leo, parabéns pela iniciativa do projeto!!!! Acreditamos nesta empreitada e já confirmamos nossa participação.
    Grande abraço, Charles Galvani – Banda PAZ-ME.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s