Pegada recomenda: “Casa Caindo”, Irônika

"Casa Caindo", Irônika

Um retorno em grande forma. É o que simboliza o EP Casa Caindo, lançado pelo Irônika em seu website no início de março. O último trabalho da banda punk belo-horizontina havia sido sua demo F… A Família Brasileira Tradicional, de 2003. Para promover o disco, se apresentaram nos festivais Tribus (Teresina, PI), 53 HC Fest, Vans Zona Punk Tour, Flaming Night e no Grito Rock 2008, além de terem aberto shows de Forgotten Boys, U.S. Bombs, Matanza, Porcos Cegos, Dead Fish e Angra.

Após o período de divulgação, alguns desvios se seguiram para o Irônika, com a perda de integrantes e a não-conclusão de projetos. As três faixas de Casa Caindo, no entanto, não dão sinais desse período conturbado. “Herois do Bar” abre com um refrão marcante, cantado em bloco pelos integrantes com entusiasmo de torcida organizada. A faixa-título e “Diz Aê!” mantêm a pegada punk/hardcore, embasando as letras no curioso sotaque mineiro do vocalista/guitarrista Bruno Luiz.

Este blog de Pegada conversou com Bruno a respeito do disco e do futuro do Irônika:

“Casa Caindo” é o primeiro lançamento da banda em 6 anos. Qual o motivo desse tempo tomado entre um trabalho e outro?
Uma burocracia interna que se desenrolou nesse tempo e a inteferência nada inteligente de um selo de BH nas movimentações da banda. Além disto ter nos obrigado a ficar tanto tempo sem lançar um trabalho, dividiu a banda, decepcionou muita gente e desvirtuou o Irônika da proposta original que é rock’n roll sem muita enrolação. A cronologia certa “poderia” ter sido a demo em 2003, a pré-produção que gravamos em 2005, um full length em 2006 e o EP que lançamos agora em março. O que mais pesou nestes 6 anos entre um trabalho e outro, sem dúvida, é a furada que foi a pré-produção no qual fomos prejudicados com a falta de compromisso de terceiros. Mas estamos superando esta fase com o lançamento deste EP agora em março. É uma produção que fechou com tudo certo, simples e, é claro, independente. Este material mal saiu e já está ajudando a banda a tomar fôlego planejar os passos futuros.

Quais os projetos futuros da banda, com a divulgação do EP?
O grande lance para nós é seguir em frente porque o Irônika tem muita bala na agulha. Nosso primeiro passo é re-estabilizar a integridade da banda. Como foi dito no texto contido na capa do EP, a formação clássica do Irônika já era: primeiro Arthur substitui Tiago em 2008, ano em que Juarez também saiu. Este ano o Arthur teve que sair (o que já foi conversado e esperado) e Cau saiu também. Se fosse para continuar sozinho eu não estaria aqui, mas como Tiago está de volta na bateria e com força total fica mais fácil de agilizar o processo com dois membros originais. A guitarra de Juarez logo foi substituída pelo nosso amigo Júnior Skiter (atual Distúrbio Sub-Humano), um guitarrista nada metódico mas que possui uma energia incrível, estamos procurando um baixista que se encaixe no nosso som. Os próximos passos então são retomar o tempo perdido, voltar à rotina saudável que a banda tinha antes dos rachas acontecerem – compor, deixar as músicas no esquema, fechar datas de show, fazer parcerias, dar uma turbinada na cena punk rock, levantar nosso merch e finalmente cair na estrada. Sendo isto, inevitávelmente chegaremos ao nosso primeiro full length – o que eu e muita gente espera. Estamos beirando 10 anos de música punk mas somos um novo Irônika, com a garra de sempre pois amamos o que fazemos e estamos prontos pra briga.

Para baixar o EP, acesse o site: www.ironika.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pegada recomenda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s