Turnê de Pegada!

Grito Rock põe bandas do Nordeste e de MG para circularem pelo Centro-Oeste

logo-final-jpg23

O Pegada vai por o pé na estrada e vai levar uma penca de gente junto. StereotaxiCo e DJ Mi Simpatia (Pegada) e Nuda (PE) se encontram em Belo Horizonte a caminho de Uberlândia, no Trângulo Mineiro, onde se juntam à banda O Garfo (CE), para continuar a viagem rumo à Cuiabá, no Mato Grosso, passando também por Goiânia (GO) e Brasília (DF). A longa jornada começa na sexta-feira de manhã, logo após a primeira noite do Grito Rock Belo Horizonte, n´A Obra, na quinta-feira, 19.

Se não fosse pelo Grito Rock, uma turnê como esta jamais poderia acontecer. São cinco estados envolvidos diretamente (MG, PE, CE, GO e MT) + o Distrito Federal. Além disso, O Garfo, virá a BH para tocar na Festa à Fórceps do dia 27/2, e no dia seguinte sobe o mapa até Montes Claros, onde participa do Grito Rock de lá. E o Nuda irá à São Paulo para mais uma apresentação, após o fim da gira.

Confira a programação da turnê:

19/2 – Belo Horizonte (MG)
20/2 – Uberlândia (MG)
21/2 – Goiânia (GO)
22/2 – Cuiabá (MT)
24/2 – Brasília (DF)

E a viagem não se resume apenas a um bando de gente indo tocar em várias cidades. Além da aproximação pessoal com protagonistas da cena independente de diferentes partes do país, o Pegada irá levar também os produtos que, normalmente, estão à venda nas barraquinhas armadas durante os eventos em BH. CDs, bottons, camisetas, adesivos, irão circular pelo país, levando a cara da cena independente de BH para vários lugares.

jjbz

StereotaxiCo sairá em turnê pela primeira vez - Foto: jjbz


Circulação também dentro de MG

Mas não apenas de turnês pelos confins deste país vive a cena independente. Se as bandas não encontrarem espaço dentro de seus próprios estados, de nada adianta escolher uma banda para rodar o Centro-Oeste.

O Pegada, juntamente com os coletivos Azimute, Fórceps e Anti-Herói realizaram a maior ação de Prévias Inetgradas dos Gritos Rock pelo Brasil. BH, Vespasiano, Sabará e Divinópolis se uniram para colocar as bandas locais para rodar o estado. Como resultado disso, quem tocou nas prévias de suas cidades, mas não foi selecionado pelo público para o festival, conseguiu datas nos Gritos Rock promovidos nas outras cidades. Casos como da banda Cães do Cerrado, que não levou a vaga em BH, mas se apresenta no Grito Rock em Sabará e Vespasiano, mostram que a integração é um caminho mais do que certo para o fortalecimento da cena independente e da criação de um circuito dentro dos estados.

Stephanie Boaventura

Cães do Cerrado: não levaram em BH, mas ganharam Sabará e Vespasiano nas prévias integradas - Foto: Stephanie Boaventura

Anúncios

1 comentário

Arquivado em coletivopegada

Uma resposta para “Turnê de Pegada!

  1. Pingback: Tá em casa « Pegada na Estrada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s