Grito Rock BH 2009 – !Slama

Veteranos da cena

Foto: divulgação

Foto: divulgação

No começo dos anos 90 Belo Horizonte contava com uma cena rock consistente. As bandas independentes Virna Lisi, Chemako, e outras que já começavam a ganhar reconhecimento nacional como o Pato Fu e Skank aqueceram o cenário mineiro. O !Slama fez parte dessa cena, formou-se em 1993. Sonoridade encorpada com influências de Iggy Pop, Jesus and Mary Chain, Sonic Youth, Picassos Falsos, barulhos de 60’s e 80’s e letras despretensiosas, compõem a atmosfera urbana das canções. WJr (voz e violão), Aleks K (guitarra), Milton Costa (baixo) e Gleison RC (bateria).

O nome sugerido por um amigo, DJ Geraldo da Pop Rock Tupis, inicialmente era Os lama Radioativa. Na época a banda contava com o baterista Douglas Gonçalves, participação fundamental. Belo Horizonte Rock Independente Fest – BHRIF e Canta Minas 96 (TV Globo) foram alguns dos Festivais onde o !Slama teve um bom reconhecimento de crítica e público. Em 2004 gravou seu primeiro cd “!Slama” com produção de André Kblo. “O Pesadelo”, “O Caminho das Pedras” e “O Tiro de Misericórdia” são deste cd. Atualmente a banda vem trabalhando no que será o segundo álbum, ainda sem título, mas com algumas canções já disponíveis no Myspace.

Conversamos com WJr, confira a entrevista:

Pegada: Já conhecia o som da banda há mais tempo, queria que você falasse sobre a evolução da sua música, que tipo de influências vocês tem absorvido ao longo dos anos e como elas moldam o seu som?


W:
Quando nos conhecemos, nos aproximamos muito em função dos “sons” em comum: Clash, Bowie e Stooges…e todas aquelas coisas que vieram depois. O povo chamava tudo de Punk, não existiam esses milhões de subgêneros como hoje.

Nesses anos que estamos juntos, cada um de nós fez incursões em estilos dos mais diversos e inusitados, do samba à disco.

O grande desafio é juntar tudo isto e fazer uma música coesa e com toda energia que o rock’n’roll proporciona.

Pegada: A banda tem conseguido circular pelo estado ou pelo país? Como fazer para conseguir aumentar o alcance da música do !Slama?

W:
Infelizmente muito pouco, ano passado estivemos no sul de minas, mas como estamos nos dedicando ao novo disco, abrimos mão de fazer shows por um tempo. Acreditamos que a melhor maneira de difundir a música seja nos palcos, por isto pretendemos lançar o novo CD muito em breve para voltar a eles.

Com todo esse lance dos Coletivos e Festivais Independentes “pipocando” por ai, pretendemos cair na estrada. Mas sem duvidas a internet é o canal.

O !Slama toca nessa quinta-feira, 19/2, no Grito Rock BH, a partir das 22h, n´A Obra! 2009

1 comentário

Arquivado em coletivopegada

Uma resposta para “Grito Rock BH 2009 – !Slama

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s